domingo, 31 de outubro de 2010

UM GRANDE ALÍVIO

Hoje eu vou dormir um pouco mais tranquilo graças ao bom entendimento que a maioria da população brasileira fez da necessidade de votar pela continuidade de um programa de governo que definitivamente nos colocará no rumo do pleno desenvolvimento.


Não foi fácil! Mas vencemos! A luta vai continuar, cada dia mais intensa, cada dia mais tenaz, cada dia mais desleal (por mais que eu espere que não). Foram muitos interesses contrariados. Foram muitos golpistas relegados a um plano inferior na luta pelo controle deste gigante! Não devemos esperar moleza! Vão continuar a jogar baixo, como estão acostumados.


Alguma coisa, entretanto, foi modificada e que não esperem que o povo esqueça para voltarem a atacar. A relação povo/imprensa não será mais a mesma! O PIG foi golpeado de morte! A imprensa alternativa estará a postos para lhe colocar a fucinheira que há muitos anos estava a precisar!


O "poder" está se dissolvendo! Não são mais só quatro famílias quem vai dizer o que o povo brasileiro deverá fazer ou acreditar, mesmo que as grandes mentiras estejam bem camufladas de verdade! Acabou, PIG! O vosso lugar está reservado no local onde geralmente colocamos quem queremos esquecer, destruir, estraçalhar! Vocês apostaram alto e perderam! O vosso reinado chegou ao fim!


Com vocês vai uma quantidade ainda não suficiente de maus políticos! Façam-se boa companhia! Vocês se merecem!


Hoje o Brasil dorme mais tranquilo sem o peso da ameaça do retrocesso! VALEU BRASIL!

sábado, 30 de outubro de 2010

NÃO FOI TÃO LOGO... MAS VOLTEI

Estou de retorno ao lar! Lar, doce lar!

Não voltei mais rápido pois alguns detalhes se intrometeram entre a minha pessoa e o relógio, por exemplo: algo em torno de 1.500Km, a participação de um evento acadêmico que durou dois dias, uma conversa quase infindável com o meu orientador... Creio que estão a imaginar os motivos pelos quais estive mais afastado desta máquina de fazer amigos (e inimigos, também!).

Pois bem, mas voltei a tempo de registrar com euforia que aqui pelo Nordeste só dá Dilma13. Por todos os lugares por onde passei não via outra indicação. Nesta noite que antecede a eleição vi a militância mobilizada (talvez não tanto como eu gostaria de ver), mas ela está aí no meio das ruas, cantando, agitando imensas bandeiras. O dia de amanhã promete!

Mas hoje... eu estou ligeiramente cansado! Por isso vou ali ver se coloco os olhinhos para repousar que amanhã tenho trabalho voluntário a realizar: Militar por Dilma!

Boa noite amig@s. Bom sono e um BOMDILMA para amanhã!

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

ATÉ JÀ... VOLTO LOGO!

Estou arrumando as malas para ir até à bela João Pessoa. Se eu não morasse aqui, gostaria de morar naquela cidade! Vou hoje, lá pelas 20h e retorno ao lar no sábado no mesmo horário. É fortemente possível que até a hora da minha volta a casa não tenha condições aqui aparecer. Vou fazer todos os esforços para estar presente nestes instantes finais da corrida à Presidência da República. Mas, caso não possa comparecer até sábado à noite, quero aqui deixar registrado (será que é preciso???) todo o meu apoio à candidata do PT, a quem desde já considero a nossa Presidenta.


No domingo devo me fazer presente, mesmo que seja só para comentar o Resultado Vitorioso da minha, da sua, da nossa candidata!


Na segunda feira retomamos o conteúdo normal do blog "A Formação do Professor".

A tod@s um bom fim de semana. Um excelente voto!


O Brasil precisa continuar crescendo!



CHUPA PIG!!!!

Esta campanha para a presidência da república tem lá as suas peculiaridades!


Vejam, por exemplo, a cara que o PIG tem que fazer para anunciar esta notícia:

Sensus: Dilma tem 51,9% das intenções de voto contra 36,7% de Serra

Camila Campanerut
Do UOL Eleições

É simplesmente patética a cara de circunstância que eles colocam! Mas a mim, faz-me um bem inestimável assistir essas cenas de um filme encomendado que acabou dando vitória ao "bandido" e o "mocinho" foi mandado plantar bananeira em terra de macaco gordo!


Dia 31 eu voto é 13

terça-feira, 26 de outubro de 2010

DESESPERO É MESMO UMA MER...cadoria!

Aloysio Nunes e Serra hostilizam jornalistas antes do debate

Na reta final da campanha à Presidência, as baixarias do PSDB não têm apenas o PT e a candidata Dilma Rousseff como foco. Quem acompanhou os bastidores do debate desta segunda-feira (25), na TV Record, assistiu a cenas de verdadeiras hostilidades de tucanos contra profissionais da imprensa — tanto jornalistas da grande mídia quanto repórteres da mídia alternativa.

Por André Cintra

José Serra, arrogante, interrompeu uma gravação da emissora — gravação da qual, por sinal, ele sequer participava — quando uma jornalista informou que ele se atrasara dez minutos. Sem rodeios, destilou sua arrogância contra a repórter, que apenas diseera algo óbvio: “Minha querida, dez minutos são 600 segundos. Dá para fazer muita coisa”.

Já o senador eleito pelo PSDB-SP, Aloysio Nunes, passou ainda mais do ponto. Ao descobrir que estava à frente de um repórter de dois veículos censurados a mando do PSDB — a Rede Brasil Atual e a Revista do Brasil —, Aloysio não pensou duas vezes e foi ao ataque: “Não vou conversar com você, seu pelego filho da puta. Esta revista é bancada pelo PT”.

Pode até ser apenas mais uma demonstração do modo tucano de tratar os jornalistas. Ou talvez o pretexto para tamanha irritação seja o clima de desânimo que se abateu, nos últimos dias sobre a campanha Serra. À falta do que fazer ou dizer, os tucanos nada novatos partem para cima dos jornalistas.


Fonte: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_noticia=140141&id_secao=6&sms_ss=twitter&at_xt=4cc78b0b377379a0,0 

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

É ISSO QUE VOCÊ QUER PARA O NOSSO PAÍS?

A verdade tarda, mas não falta!

Dinheiro da CIA para FHC

"Numa noite de inverno do ano de 1969, nos escritórios da Fundação Ford, no Rio, Fernando Henrique teve uma conversa com Peter Bell, o representante da Fundação Ford no Brasil. Peter Bell se entusiasma e lhe oferece uma ajuda financeira de 145 mil dólares. Nasce o Cebrap".

Esta história, assim aparentemente inocente, era a ponta de um iceberg. Está contada na página 154 do livro "Fernando Henrique Cardoso, o Brasil do possível", da jornalista francesa Brigitte Hersant Leoni (Editora Nova Fronteira, Rio, 1997, tradução de Dora Rocha). O "inverno do ano de 1969" era fevereiro de 69. 

Fundação Ford

Há menos de 60 dias, em 13 de dezembro, a ditadura havia lançado o AI-5 e jogado o País no máximo do terror do golpe de 64, desde o início financiado, comandado e sustentado pelos Estados Unidos. Centenas de novas cassações e suspensões de direitos políticos estavam sendo assinadas. As prisões, lotadas. Até Juscelino e Lacerda tinham sido presos. 

E Fernando Henrique recebia da poderosa e notória Fundação Ford uma primeira parcela de 145 mil dólares para fundar o Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento). O total do financiamento nunca foi revelado. Na Universidade de São Paulo, sabia-se e se dizia que o compromisso final dos americanos era de 800 mil a um milhão de dólares.


Agente da CIA

Os americanos não estavam jogando dinheiro pela janela. Fernando Henrique já tinha serviços prestados. Eles sabiam em quem estavam aplicando sua grana. Com o economista chileno Faletto, Fernando Henrique havia acabado de lançar o livro "Dependência e desenvolvimento na América Latina", em que os dois defendiam a tese de que países em desenvolvimento ou mais atrasados poderiam desenvolver-se mantendo-se dependentes de outros países mais ricos. Como os Estados Unidos.


Montado na cobertura e no dinheiro dos gringos, Fernando Henrique logo se tornou uma "personalidade internacional" e passou a dar "aulas" e fazer "conferências" em universidades norte-americanas e européias. 

Era "um homem da Fundação Ford". E o que era a Fundação Ford? Uma agente da CIA, um dos braços da CIA, o serviço secreto dos EUA.

Quem pagou 

Acaba de chegar às livrarias brasileiras um livro interessantíssimo, indispensável, que tira a máscara da Fundação Ford e, com ela, a de Fernando Henrique e muita gente mais: "Quem pagou a conta? A CIA na guerra fria da cultura", da pesquisadora inglesa Frances Stonor Saunders (editado no Brasil pela Record, tradução de Vera Ribeiro).

Quem "pagava a conta" era a CIA, quem pagou os 145 mil dólares (e os outros) entregues pela Fundação Ford a Fernando Henrique foi a CIA. Não dá para resumir em uma coluna de jornal um livro que é um terremoto. São 550 páginas documentadas, minuciosa e magistralmente escritas:
"Consistente e fascinante" ("The Washington Post"). "Um livro que é uma martelada, e que estabelece em definitivo a verdade sobre as atividades da CIA" ("Spectator"). "Uma história crucial sobre as energias comprometedoras e sobre a manipulação de toda uma era muito recente" ("The Times"). 

Milhões de dólares

1 - "A Fundação Farfield era uma fundação da CIA... As fundações autênticas, como a Ford, a Rockfeller, a Carnegie, eram consideradas o tipo melhor e mais plausível de disfarce para os financiamentos... permitiu que a CIA financiasse um leque aparentemente ilimitado de programas secretos de ação que afetavam grupos de jovens, sindicatos de trabalhadores, universidades, editoras e outras instituições privadas" (pág. 153). 

2 - "O uso de fundações filantrópicas era a maneira mais conveniente de transferir grandes somas para projetos da CIA, sem alertar para sua origem. Em meados da década de 50, a intromissão no campo das fundações foi maciça..." (pág. 152). "A CIA e a Fundação Ford, entre outras agências, haviam montado e financiado um aparelho de intelectuais escolhidos por sua postura correta na guerra fria" (pág. 443). 

3 - "A liberdade cultural não foi barata. A CIA bombeou dezenas de milhões de dólares... Ela funcionava, na verdade, como o ministério da Cultura dos Estados Unidos... com a organização sistemática de uma rede de grupos ou amigos, que trabalhavam de mãos dadas com a CIA, para proporcionar o financiamento de seus programas secretos" (pág. 147).

FHC facinho

4 - "Não conseguíamos gastar tudo. Lembro-me de ter encontrado o tesoureiro. Santo Deus, disse eu, como podemos gastar isso? Não havia limites, ninguém tinha que prestar contas. Era impressionante" (pág. 123).

5 - "Surgiu uma profusão de sucursais, não apenas na Europa (havia escritorios na Alemanha Ocidental, na Grã-Bretanha, na Suécia, na Dinamarca e na Islândia), mas também noutras regiões: no Japão, na Índia, na Argentina, no Chile, na Austrália, no Líbano, no México, no Peru, no Uruguai, na Colômbia, no Paquistão e no Brasil" (pág. 119).

6 - "A ajuda financeira teria de ser complementada por um programa concentrado de guerra cultural, numa das mais ambiciosas operações secretas da guerra fria: conquistar a intelectualidade ocidental para a proposta norte-americana" (pág. 45). Fernando Henrique foi facinho.


SEBASTIÃO NERY/Tribuna da Imprensa

POR EMPRÉSTIMO

  Um agradecimento especial ao blog "Amigos do Presidente Lula"

 

Imprensa internacional denuncia campanha da imprensa brasileira contra Lula.


O jornal Francês Courrier, em sua publicação de hoje, com o título "Une presse très remontée contre Lula" denuncia a má fé da imprensa brasileira.A reportagem diz: "Na reta final da campanha, as más relações entre os principais jornais e o governo..... Esse fenômeno já ocorreu durante a reeleição de Lula em 2006...

Quatro famílias controle acionário da grande mídia: Marinho, proprietário do jornal O Globo do Rio e da toda-poderosa TV Globo, a Mesquita O Estado de São Paulo, os Frias, Folha de São Paulo e Civita, Editora Abril, editora das principais Veja semanal. Estas grandes famílias nunca concordaram com a eleição de Lula, que para eles o presidente é mal educado, veio de um estado pobre e dos sindicatos.Recentemente, a mídia tem desencadeado uma campanha contra Dilma Rousseff, candidata de Lula, na esperança de derrubar o presidente do Partido dos Trabalhadores.

Folha de São Paulo, em setembro, não hesitou em fazer Dilma Rousseff, responsável pela perda de 1.000 milhões de dólares (veja a primeira página da Folha de São Paulo acima) por ter demorado demais para mudar uma Lei de Energia que foi aprovada no final do mandato de Fernando Henrique Cardoso (1994-2002). No entanto, o eleitorado não se deixa enganar: o resultado deste caso, as piadas têm circulado massivamente no Twitter, Dilma Rousseff, atribuindo todos os males do mundo. A imprensa também parece ter perdido a sua antiga influência
... Acessando este link aqui você que fala Frances poderá ler a matéria completa.

Só para a imprensa brasileira ver o poder de Lula...
Na "home" dos israelenses "Yediot Ahronot" e "Haaretz", abaixo-assinado "chama Lula a interceder pessoalmente em favor" de soldado preso em Gaza.
 
 
O PIG já virou piada no exterior!!! 
 
Eu acho é pouco!!!!!!!

domingo, 24 de outubro de 2010

PROCURA-SE...

Peço emprestada ao Luis Carlos Azenha por julgar muito engraçado e bem bolado!

 Sem comentários! Só risadas!

sábado, 23 de outubro de 2010

A CIÊNCIA NÃO PARA DE SURPREENDER!

Você não pode deixar de ver isto! Parece impossível! É, simplesmente, incrível! 


Curiosamente, um país que vive permanentemente em guerra ainda tem tempo para se dedicar à ciência. Convenhamos, que essa situação a que chegam alguns países só acontece porque os seus governantes aplicam somas consideráveis em educação básica. Quando será que nós, no Brasil, que também não somos menos inteligentes que ninguém, vamos ter oportunidade de ver nossos jovens estudarem e atingirem o patamar de tantos outros países, alguns deles com menos posses que nós?


Eu quero aceditar e acredito que o país está com o projeto certo. Só resta saber se a população vai querer continuar a crescer ou retroceder aos tempos da pós-ditadura... aqueles tempos da incerteza, do pavor, da desconfiança, da dúvida, do medo de arriscar!


Precisamos por em prática um modelo de governação capaz de fazer o país ir em frente, rumo ao destino que há muito lhe está sendo solapado por partidos, compostos de homens, que não visam outro objetivo que o próprio sucesso! Vamos pensar firme no crescimento! Vamos pensar maior e mais longe!


Se o Lula não conseguiu fazer tudo que queria, por não ter uma base sólida de apoio (afinal ele não passava de um bêbado analfabeto, como dizia a oposição), a nossa Presidenta Dilma terá a base que precisa para consolidar no país as reformas e os avanços que vão sendo colocados em prática pelo ainda Presidente Lula!


Não serão, Lula e Dilma, os deuses que todo mundo espera! Não, eles estão longe de tal, pois são seres humanos, sujeitos ao erro e ao fracasso como qualquer outro. Mas são pessoas que já deram provas de serem capazes de minimizar os erros, aprimorar os acertos e plantar árvores que possam dar frutos sadios e abundantes num futuro próximo.


Sim, mas eu peço, no início para que não deixem de ver isto:


http://fun.mivzakon.co.il/Video/cmp/8343/8343.html


Tenha um bom repouso e uma última semana (antes das eleições) de PAZ, ALEGRIA e AMOR!

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

NÃO DÁ PARA RELAXAR!

Queria relaxar um pouco mas a presepada do serra vulgo #bolinhagate não me permite!

Que coisa mais ridicula e que prato cheio para "nostros hemarnos" de Argentina tirarem um sarrito com a moçada do samba!

O quê, vocês não viram ainda?!!!!

Pois olhem aqui: http://www.clarin.com/mundo/america_latina/picardia-Serra-salio-mal_0_358164279.html

Bem... a notícia do #bolinhagate está se espalhando! Eu não quero ajudar... a fazer silêncio sobre isso. Vou até dar a minha "gaitada de desprezo": hahahahahahahaha

VAMOS RELAXAR UM POUCO?!

Afinal é sexta-feira.... fim de semana... o último antes das eleições!


Vamos rir um pouquinho?!


COM A VIDA GANHA, NUM FUTURO GARANTIDO!

Não é apenas no Brasil que o hoje (AINDA) candidato à presidência do Brasil, representante do atraso, das sombras e do que de pior pode haver em questão de política interna/externa neste país, faz rir a bandeiras despregadas. Já virou chacota MUNDIAL.


Quando a derrota vier, ele não terá muito que se preocupar, pois o seu posto de palhaço já está assegurado. As cortes dos "Reinos da Europa" já mostram interesse nas palhaçadas da criatura. Então, quem sabe, o seu "diploma" de ensino superior lhe proporcione remunerações condignas para alguém com tamanha qualificação.


Não sou eu quem o diz! Longe de  mim a ideia de levantar essa bola "que não é aquela bolinha de papel"! Não tenho respaldo para isso, mas um jornal do gabarito do "LE MONDE", esse tem!


Então, para confirmar o que digo acima, visite o site:

http://abracarioca.blog.lemonde.fr/2010/10/21/comment-une-boulette-de-papier-a-fait-de-jose-serra-la-risee-du-bresil/

Com isso, psdb, seu candidato e suas redes de apoio/intrigas, caem no ridículo internacional! Para quem usa de estratagemas parecidos, todo castigo é pouco!


Vamos lá DILMA13... O BRASIL quer continuar crescendo!

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

E OS NOSSOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO...

No meu entender (e creio que grande parte da população brasileira concorda com isso!) a mídia no país é de fazer vergonha a qualquer ser humano que visite as terras tupiniquins!


Manipuladora, tendenciosa, partidária, golpista, safada... (gente, vão procurando adjetivos que vão encontrar um montão deles e ainda  não terão dito tudo que é possível dizer-se desta mídia). Quero acreditar que a grande derrota nestas eleições vai ficar para essa coisa disforme, a que chamamos de PIG.


Lendo blogues amigos encontrei em o Terror do Nordeste uma imagem que traduz bem o meu pensar para com todos esses veículos ridículos e de interesses escusos. Trago essa imagem para vocês, para manifestar o meu desagrado com a situação que enfrentamos quando o assunto é informação:


O gesto pode ser feio, mas o ideal é nobre!

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

A BARATINHA

Eu sei! Eu sei!!!


Como todo mundo você também tem asco, nojo, repugnância de barata!


Mas eu garanto que vou fazer você mudar de conceito a respeito do "bichinho"!


Estou convidando para que você dê uma olhada na imagem que se esconde no primeiro link da lista enviada abaixo. Garanto que você vai mudar, de imediato, seu conceito! Coloco a sua regularidade de visitas ao blog em jogo. Se você não mudar o conceito, se não deixar esse asco de lado, pode deixar de vir até este bog.


Vamos lá! Só um pouquinho de coragem! Afinal a baratinha não está tão feia assim! Eu queria uma delas em minha casa! Você não?????


Eita, mas você é exigente!











terça-feira, 19 de outubro de 2010

... MAS TODO POLÍTICO DIZ QUE SE ELEITO FOR, DARÁ AO POVO UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE! ACREDITE QUEM FOR ALIENADO!

 Uma situação alarmante e que deveria preocupar toda a comunidade acadêmica é a situação da lotação das salas de aula em não importa qual nível de ensino.

Na reportagem abaixo fica delineada a situação da  educação básica. Na educação superior, apenas para dar um apercebido, estou trabalhando em salas de 1º semetre de um curso de formação de professores (Pedagogia) e enfrento, para não me sentir solitário, uma sala com 48 alunos. Quais as condições de desenvolver um bom trabalho? Mas vamos à notícia que por si só já diz muito do que eu, você e muitos outros pensamos a respeito.


Brasil fica entre os piores em ranking de salas de aula lotadas
 







As turmas de ensino fundamental do Brasil têm, em média, seis alunos a mais do que as de nações desenvolvidas. A notícia positiva é que a situação do país melhorou.


A conclusão está presente na edição 2010 de um estudo anual da OCDE, organização que reúne países desenvolvidos. A entidade analisou a situação educacional de 39 países, incluindo convidados como Brasil e Rússia.
Nas classes de 5º a 9º ano das escolas brasileiras há, em média, 30 alunos. Nos demais países analisados, 24. Rússia e Eslovênia, por exemplo, estão na casa dos 20 estudantes por turma. Classes mais numerosas prejudicam a qualidade de ensino, pois os professores têm mais dificuldade para saber as deficiências individuais dos alunos, dizem educadores ouvidos pela Folha.


A situação do Brasil é um pouco melhor nos anos iniciais do ensino fundamental (1º a 5º ano), onde há, em média, 25 alunos por sala. No grupo analisado, são 21. Os dados são de 2008 e consideram rede pública e privada. O relatório destaca ainda que o tamanho das turmas no Brasil diminuiu em relação a 2000, quando no primeiro ciclo havia um estudante a mais por turma e, no ciclo final, quatro a mais.


Falta de estrutura
A presidente do Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), Yvelise Arco-Verde, reconhece o excesso de alunos por sala. "Uma grande quantidade de alunos diminui a possibilidade de um melhor trabalho do professor", afirma ela.


O presidente da Undime (União dos Dirigentes de Instituições Municipais), Carlos Eduardo Sanches, credita o problema à falta de investimentos. "Precisamos de investimento público em educação, sobretudo da União. Quando tivermos mais dinheiro, vamos enfrentar o problema", afirma.


O presidente da CNTE (confederação dos trabalhadores em educação), Roberto Leão, concorda. Para ele, "fica o recado no Dia do Professor [comemorado ontem] que é preciso aumentar o investimento, para construir mais classes e contratar mais educadores".


O Ministério da Educação diz que o comprometimento do governo federal com a educação básica saltou de cerca de R$ 500 milhões para aproximadamente R$ 10 bilhões ao ano. (Folha Online)

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

EU JÁ SABIA... FIZ PREVISÕES!

 Noutro blog eu escrevia:

PSDB CRIA NOVA FORMA DE CORONELISMO

No dia 08 de novembro de 2009, com apoio em uma reportagem da PIG - FSP eu tecia comentários sobre a estratégia que a tucanada estava a preparar para as eleições que, agora, estão a transcorrer. Era uma previsão embasada em fatos observáveis e observados.

A estratégia do PSDB de espalhar calúnias contra Dilma Rousseff conta com cerca de 8 mil "matracas" espalhadas pelo País", conforme a Carta Capital.

Naquele momento pouco se atentou para o que estava previsível... hoje corre-se contra tudo e contra todos para tentar minimizar os estragos. "Brasileiro só fecha a porta, mesmo, depois de roubado"... é um velho jargão que todos as vezes se confirma, mas para o qual poucas ou nenhumas providências são tomadas no sentido de sanar a deficiência.

É... a democracia no Brasil ainda é uma criança, precisa crescer muito, desenvolver-se, tornar-se adulta, mas uma adulta honesta, não uma qualquer prostítuída como querem que ela seja hoje. Só lanço essa advertência que é mais um velho adagio já batido: "prostitução de crianças e adolescentes é crime"!

Sim... mas ficou curioso sobre o que eu escrevia naquele momento? Simples.... Clique no título no alto da página e será imediatamente direcionado para o post.

EXAME PARA CARREIRA DOCENTE SERÁ APLICADO A PARTIR DE 2011

Aí está uma medida que, a julgar pelo que já conheço de outras experiências, vai botar as águas para rolar. A este respeito tenho minha opinião, não definitiva, pois tudo na vida pode mudar e até Raulzito já dizia que preferia "ser aquela metamorfose anbulante", mas neste momento, por questões profissionais não disponho de tempo para explicitar o que penso. Faz-me lembrar, de início, o velhinho "Exame de admissão"... alguém aí ainda lembra?

Nesse caso, deixo-lhes a notícia e o tempo suficiente para refletirem sobre a matéria, ver mesmo fazer outras pesquisas a esse sujeito e me responderem a esta pergunta simples:

O que vocês pensam desta medida?

 
Segunda-feira, 24 de maio de 2010 - 17:35


Portaria publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 24, institui o Exame Nacional de Ingresso na Carreira Docente. O exame, que será realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), avaliará conhecimentos, competências e habilidades de profissionais que tenham concluído ou estejam concluindo cursos de formação inicial para a docência e que desejam ingressar na carreira do magistério. A primeira edição do exame, que é anual, se realizará em 2011.

O exame deverá subsidiar a contratação de docentes para a educação básica pelos governos estaduais e municipais. As secretarias de educação interessadas definirão a forma de utilização dos resultados do exame para fins de contratação de docentes.


A participação no exame é de caráter voluntário, mediante inscrição, e conferirá ao candidato um boletim de resultados, cujos dados somente poderão ser utilizados mediante autorização expressa do candidato.


O exame oferecerá, ainda, diagnóstico dos conhecimentos, competências e habilidades dos futuros professores para subsidiar as políticas públicas de formação continuada, e também para construir um indicador qualitativo que possa ser incorporado à avaliação de políticas públicas de formação inicial de docentes.


Assessoria de Imprensa do Inep


Leia mais sobre a Portaria.


Palavras-chave: Formação do professor, Exame de ingresso na carreira, Inep


Fonte: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=15475

sábado, 16 de outubro de 2010

FECHA-SE O CERCO!

O cerco está se fechando! Daqui a pouco não haverá mais saída possível, nada mais resta a fazer que jogar a toalha e entregar os derradeiros pontos!

Mentiras, Calúnias, Injúrias, Boatos, Falsos Juramentos, Hipocrisias... é preciso mais alguma coisa para provar as intenções de alguém? Por bem menos que isso querem barrar o Tiririca... mas parece que o palhaço, na realidade, é bem um outro que não ele!

Mas, não fossem suficientes todos os casos já apontados neste blog e na imprensa em geral, agora cai o último pedaço da mascara: Estourada a gráfica (ou talvez apenas uma das gráficas) que produziam os panfletos religiosos contra a candidata DILMA 13. Vejam a reportagem.



Fonte: http://www.pt-sp.org.br/TvPT.asp?p=159

O grande questionamento que há muito me faço é este: Tem uma juza no STE que é uma fera contra quem fica contra "a criatura", processa todo mundo, ameaça todo mundo, promete cassação a todo mundo... e agora, diante de todos os fatos já apurados, a sra. juiza (perdão, sra. ministra do TSE) não vai processar quem mais merece?!

Ordem e Progresso! Ordem???? Progresso??? Com essa gente aí não vai ter nada disso, não senhor!

ORE... VOCÊ TERÁ MUITO O QUE PEDIR...

SEM COMENTÁRIOS... OREMOS!

Ore

Quando Serra privatizar tudo


Reze
Quando Serra arrochar os salários


Pregue
Quando 700 mil estudantes perderem o ProUni


Rogue
Quando o pré-sal for aberto ao capital estrangeiro


Orem
Quando a saúde for terceirizada no país, como foi em São Paulo


Rezem
Quando Serra gerar empregos lá fora, em outros países


Preguem
Quando os professores sofrerem novas agressões


Roguem
Quando mais uma vez as aposentadorias forem proteladas


Orai
Quando os movimentos sociais forem reprimidos


Rezai
Quando os sindicatos forem extintos


Pregai
Quando os nordestinos forem discriminados


Rogai
Quando Serra vender o país de novo


Por você ter acreditado em boataria
E por fim,


Peçam desculpas a todos os Santos e Credos
Por não entender o que está em jogo nestas eleições


Que não são questões religiosas, e sim modelos diferentes de governar


Que você não observou que Serra não fala de propostas e planos de governos


E por não saber o que está em jogo nestas eleições


De um lado, quem tirou o país do marasmo, da estagnação econômica, que está tirando da pobreza, que criou programas sociais, promoveu a mobilidade das classes sociais, que levou o país ao futuro e ao rumo certo, o governo de Lula/Dilma;

Do outro lado, os que querem voltar, o estilo do governo do passado que levou o país a quebrar três vezes, da falta de políticas públicas e programas sociais, da dependência do FMI, das privatizações, do atraso de FHC/Serra


E que te perdoem por não saber a diferença do que é um governo progressista, nacionalista e voltado as causas populares, de um governo repressor, entreguista, antipopular e que defende só as elites.
 
OREMOS...
 
AMÉM!

QUANTO A CIÊNCIA AINDA NOS REVELARÁ?

Dizem que as imagens falam mais que as palvras!

A ciência tem muito a fazer e a mostrar... aqui na terra! Não sei, pois, o que pretendem os homens no espaço, se o que o circunda ainda não foi totalmente descoberto.

Vejam o que foi descoberto na Grécia e repondam-me: Quanto a ciência ainda tem a nos revelar?!






Qual explicação?

Alguma relação com as dificuldades ainda não explicadas da forma utilizada para construir as pirâmides?

Quem eram esses "gigantes"?

Seria esse um único exemplar da "raça"?

Quantas perguntas podemos ainda formular?!

Se alguém tiver alguma resposta... por favor, comunique-me, estou interessado!

P´RÁ FRENTE, BRASIL13!

O texto, a seguir, é de uma construção primorosa, pois envolve, além de outras coisas, a discussão de alguns conceitos básicos que muitos de nós precisaríamos conhecer muito bem, visto que só assim evitaríamos que os aproveitadores da ignorância alheia se dessem bem.

É, portanto, por concordar plenamente com o que o texto expressa que o veiculo.


Dez falsos motivos para não votar na Dilma - Por Jorge Furtado, cineasta





Tenho alguns amigos que não pretendem votar na Dilma, um ou outro até diz que vai votar no Serra. Espero que sigam sendo meus amigos. Política, como ensina André Comte-Sponville, supõe conflitos: “A política nos reúne nos opondo: ela nos opõe sobre a melhor maneira de nos reunir”.



Leio diariamente o noticiário político e ainda não encontrei bons argumentos para votar no Serra, uma candidatura que cada vez mais assume seu caráter conservador. Serra representa o grupo político que governou o Brasil antes do Lula, com desempenho, sob qualquer critério, muito inferior ao do governo petista, a comparação chega a ser enfadonha, vai lá para o pé da página, quem quiser que leia. (1)




Ouvi alguns argumentos razoáveis para votar em Marina, como incluir a sustentabilidade na agenda do desenvolvimento. Marina foi ministra do Lula por sete anos e parece ser uma boa pessoa, uma batalhadora das causas ambientalistas. Tem, no entanto (na minha opinião) o inconveniente de fazer parte de uma igreja bastante rígida, o que me faz temer sobre a capacidade que teria um eventual governo comandado por ela de avançar em questões fundamentais como os direitos dos homossexuais, a descriminalização do aborto ou as pesquisas envolvendo as células tronco.



Ouço e leio alguns argumentos para não votar em Dilma, argumentos que me parecem inconsistentes, distorcidos, precários ou simplesmente falsos. Passo a analisar os dez mais freqüentes:




1. “Alternância no poder é bom”.


Falso. O sentido da democracia não é a alternância no poder e sim a escolha, pela maioria, da melhor proposta de governo, levando-se em conta o conhecimento que o eleitor tem dos candidatos e seus grupo políticos, o que dizem pretender fazer e, principalmente, o que fizeram quando exerceram o poder. Ninguém pode defender seriamente a idéia de que seria boa a alternância entre a recessão e o desenvolvimento, entre o desemprego e a geração de empregos, entre o arrocho salarial e o aumento do poder aquisitivo da população, entre a distribuição e a concentração da riqueza. Se a alternância no poder fosse um valor em si não precisaria haver eleição e muito menos deveria haver a possibilidade de reeleição.




2. “Não há mais diferença entre direita e esquerda”.


Falso. Esquerda e direita são posições relativas, não absolutas. A esquerda é, desde a sua origem, a posição política que tem por objetivo a diminuição das desigualdades sociais, a distribuição da riqueza, a inserção social dos desfavorecidos. As conquistas necessárias para se atingir estes objetivos mudam com o tempo. Hoje, ser de esquerda significa defender o fortalecimento do estado como garantidor do bem-estar social, regulador do mercado, promotor do desenvolvimento e da distribuição de riqueza, tudo isso numa sociedade democrática com plena liberdade de expressão e ampla defesa das minorias. O complexo (e confuso) sistema político brasileiro exige que os vários partidos se reúnam em coligações que lhes garantam maioria parlamentar, sem a qual o país se torna ingovernável. A candidatura de Dilma tem o apoio de políticos que jamais poderiam ser chamados de “esquerdistas”, como Sarney, Collor ou Renan Calheiros, lideranças regionais que se abrigam principalmente no PMDB, partido de espectro ideológico muito amplo. José Serra tem o apoio majoritário da direita e da extrema-direita reunida no DEM (2), da “direita” do PMDB, além do PTB, PPS e outros pequenos partidos de direita: Roberto Jefferson, Jorge Borhausen, ACM Netto, Orestes Quércia, Heráclito Fortes, Roberto Freire, Demóstenes Torres, Álvaro Dias, Arthur Virgílio, Agripino Maia, Joaquim Roriz, Marconi Pirilo, Ronaldo Caiado, Katia Abreu, André Pucinelli, são todos de direita e todos serristas, isso para não falar no folclórico Índio da Costa, vice de Serra. Comparado com Agripino Maia ou Jorge Borhausen, José Sarney é Che Guevara.




3. “Dilma não é simpática”(?).


Argumento precário e totalmente subjetivo. Precário porque a simpatia não é, ou não deveria ser, um atributo fundamental para o bom governante. Subjetivo, porque o quesito “simpatia” depende totalmente do gosto do freguês. Na minha opinião, por exemplo, é difícil encontrar alguém na vida pública que seja mais antipático que José Serra, embora ele talvez tenha sido um bom governante de seu estado. Sua arrogância com quem lhe faz críticas, seu destempero e prepotência com jornalistas, especialmente com as mulheres, chega a ser revoltante.




4. “Dilma não tem experiência”.


Argumento inconsistente. Dilma foi secretária de estado, foi ministra de Minas e Energia e da Casa Civil, fez parte do conselho da Petrobras, gerenciou com eficiência os gigantescos investimentos do PAC, dos programas de habitação popular e eletrificação rural. Dilma tem muito mais experiência administrativa, por exemplo, do que tinha o Lula, que só tinha sido parlamentar, nunca tinha administrado um orçamento, e está fazendo um bom governo.




5. “Dilma foi terrorista” (foi contra os assassinos).



Argumento em parte falso, em parte distorcido. Falso, porque não há qualquer prova de que Dilma tenha tomado parte de ações “terroristas”. Distorcido, porque é fato que Dilma fez parte de grupos de resistência à ditadura militar, do que deve se orgulhar, e que este grupo praticou ações armadas, o que pode (ou não) ser condenável. José Serra também fez parte de um grupo de resistência à ditadura, a AP (Ação Popular), que também praticou ações armadas, das quais Serra não tomou parte. Muitos jovens que participaram de grupos de resistência à ditadura hoje participam da vida democrática como candidatos. Alguns, como Fernando Gabeira, participaram ativamente de seqüestros, assaltos a banco e ações armadas. A luta daqueles jovens, mesmo que por meios discutíveis, ajudou a restabelecer a democracia no país e deveria ser motivo de orgulho, não de vergonha.




6. “As coisas boas do governo petista começaram no governo tucano” (mentira).




Falso. Todo governo herda políticas e programas do governo anterior, políticas que pode manter, transformar, ampliar, reduzir ou encerrar. O governo FHC herdou do governo Itamar o real, o programa dos genéricos, o FAT, o programa de combate a AIDS. Teve o mérito de manter e aperfeiçoá-los, desenvolvê-los, ampliá-los. O governo Lula herdou do governo FHC, por exemplo, vários programas de assistência social. Teve o mérito de unificá-los e ampliá-los, criando o Bolsa Família. De qualquer maneira, os resultados do governo Lula são tão superiores aos do governo FHC que o debate “quem começou o quê” torna-se irrelevante.



7. “Serra vai moralizar a política” (ridículo).



Argumento inconsistente. Nos oito anos de governo tucano-pefelista - no qual José Serra ocupou papel de destaque, sendo escolhido para suceder FHC - foram inúmeros os casos de corrupção, um deles no próprio Ministério da Saúde, comandado por Serra, o superfaturamento de ambulâncias investigado pela “Operação Sanguessuga”. Se considerarmos o volume de dinheiro público desviado para destinos nebulosos e paraísos fiscais nas privatizações e o auxílio luxuoso aos banqueiros falidos, o governo tucano talvez tenha sido o mais corrupto da história do país. Ao contrário do que aconteceu no governo Lula, a corrupção no governo FHC não foi investigada por nenhuma CPI, todas sepultadas pela maioria parlamentar da coligação PSDB-PFL. O procurador da república ficou conhecido com “engavetador da república”, tal a quantidade de investigações criminais que morreram em suas mãos. O esquema de financiamento eleitoral batizado de “mensalão” foi criado pelo presidente nacional do PSDB, senador Eduardo Azeredo, hoje réu em processo criminal. O governador José Roberto Arruda, do DEM, era o principal candidato ao posto de vice-presidente na chapa de Serra, até ser preso por corrupção no “mensalão do DEM”. Roberto Jefferson, réu confesso do mensalão petista, hoje apóia José Serra. Todos estes fatos, incontestáveis, não indicam que um eventual governo Serra poderia ser mais eficiente no combate à corrupção do que seria um governo Dilma, ao contrário.




8. “O PT apóia as FARC” (mais ridículo ainda).

Argumento falso. É fato que, no passado, as FARC ensaiaram uma tentativa de institucionalização e buscaram aproximação com o PT, então na oposição, e também com o governo brasileiro, através de contatos com o líder do governo tucano, Arthur Virgílio. Estes contatos foram rompidos com a radicalização da guerrilha na Colômbia e nunca foram retomados, a não ser nos delírios da imprensa de extrema-direita. A relação entre o governo brasileiro e os governos estabelecidos de vários países deve estar acima de divergências ideológicas, num princípio básico da diplomacia, o da auto-determinação dos povos. Não há notícias, por exemplo, de capitalistas brasileiros que defendam o rompimento das relações com a China, um dos nossos maiores parceiros comerciais, por se tratar de uma ditadura. Ou alguém acha que a China é um país democrático?



9. “O PT censura a imprensa” (mentira, a imprensa que o censura).


Argumento falso. Em seus oito anos de governo o presidente Lula enfrentou a oposição feroz e constante dos principais veículos da antiga imprensa. Esta oposição foi explicitada pela presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ) que declarou que seus filiados assumiram “a posição oposicionista (sic) deste país”. Não há registro de um único caso de censura à imprensa por parte do governo Lula. O que há, frequentemente, é a queixa dos órgãos de imprensa sobre tentativas da sociedade e do governo, a exemplo do que acontece em todos os países democráticos do mundo, de regulamentar a atividade da mídia.




10. “Os jornais, a televisão e as revistas falam muito mal da Dilma e muito bem do Serra”.


Isso é verdade. E mais um bom motivo para votar nela e não nele.




FATOS MUITO IMPORTANTES:




(1) Alguns dados comparativos dos governos FHC e Lula.



Geração de empregos:


FHC/Serra = 780 mil x Lula/Dilma = 12 milhões




Salário mínimo:


FHC/Serra = 64 dólares x Lula/Dilma = 290 dólares




Mobilidade social (brasileiros que deixaram a linha da pobreza):


FHC/Serra = 2 milhões x Lula/Dilma = 27 milhões



Risco Brasil:


FHC/Serra = 2.700 pontos x Lula/Dilma = 200 pontos




Dólar:


FHC/Serra = R$ 3,00 x Lula/Dilma = R$ 1,65




Reservas cambiais:


FHC/Serra = 185 bilhões de dólares negativos x Lula/Dilma = 239 bilhões de dólares positivos.




Relação crédito/PIB:


FHC/Serra = 14% x Lula/Dilma = 34%



Produção de automóveis:


FHC/Serra = queda de 20% x Lula/Dilma = aumento de 30%




Taxa de juros:


FHC/Serra = 27% x Lula/Dilma = 10,75%



(2) Elio Gaspari, na Folha de S.Paulo de 25.07.10:






José Serra começou sua campanha dizendo: "Não aceito o raciocínio do nós contra eles", e em apenas dois meses viu-se lançado pelo seu colega de chapa numa discussão em torno das ligações do PT com as Farc e o narcotráfico. Caso típico de rabo que abanou o cachorro. O destempero de Indio da Costa tem método. Se Tupã ajudar Serra a vencer a eleição, o DEM volta ao poder. Se prejudicar, ajudando Dilma Rousseff, o PSDB sairá da campanha com a identidade estilhaçada. Já o DEM, que entrou na disputa com o cocar do seu mensalão, sairá brandindo o tacape do conservadorismo feroz que renasceu em diversos países, sobretudo nos Estados Unidos.






*Um dos mais respeitados cineastas brasileiros, Jorge Alberto Furtado, 51 anos, trabalhou como repórter, apresentador, editor, roteirista e produtor. Já realizou mais de 30 trabalhos como roteirista/diretor e recebeu 13 premiações dentre os quais, o Prêmio Cinema Brasil, em 2003, de melhor diretor e de melhor roteiro original do longa O homem que copiava.



Do http://www.casacinepoa.com.br/
 
              Dia 31 vote 13
 
             É DILMA13...   É BRASIL13

O FILME DO ANO!

Tenho algumas imagens, umas sequências, boas ideias, um grande roteiro, mas falta um bandido para fazer o filme... só aparecem "artistas"... assim não dá, né pessoal! Alguém tem uma solução para este problema?





















sexta-feira, 15 de outubro de 2010

QUE COISA MAIS FEIA!

O caldo, desta vez entornou para valer!

Além das mentiras, dos sacrilégios da utilização do nome de Jesus em vão, das montagens, difamações, dos spams, dos boatos etc e tal.... (coisa de gente baixa), agora vem o pior: O CRIME!


Disputa entre Dilma e Serra no Acre faz a primeira vítima

15 de outubro de 2010

Motivo fútil: Eleitor de tucano mata eleitor de petista em bar com tiro de espingarda por causa de adesivo.



16 dias para o Brasil saber quem será o próximo presidente e no Acre a disputa chegou no seu nível mais selvagem.


Na quinta, 14, Valdeci Ferreira Miranda, conhecido por Uru, matou com um tiro de espingarda, calibre 16, a Cláudio Pereira Martins, 28, num ramal denominado Puerto Alonso, na cidade de Porto Acre, berço da Revolução Acreana contra os bolivianos.

Segundo o Boletim de Ocorrência registrado na delegacia do município e testemunhos de pessoas que estavam no local do crime, a vítima teria colado um adesivo da candidata do PT, Dilma Rousseff, às costas de Valdeci, que foi em casa, pegou sua arma e retornou para o bar onde estavam junto com outros para matar Cláudio com um tiro à queima-roupa. No B.O está escrito que Uru foi tomado ‘por uma ira’ incontrolável.


O assassino ainda não foi localizado pela polícia.

Fonte: http://www.oestadoacre.com/index.php?option=com_content&task=view&id=5327&Itemid=1

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

DIA DO PROFESSOR...

Sinceramente eu não queria ter um dia especial para mim! Sou ganancioso, portanto queria TODOS os dias para mim. Não um... todos os dias!

Não queria presentes... gosto muito de presença
Não queria alunos dispersos... gosto muito de atenção
Não queria o silêncio... gosto muito de ser perguntado
Não queria a bagunça... gosto muito de calmaria
Não queria ter que passar por tanto sofrer como somos obrigados a passar!
Não queria ser reconhecido como bom ou como mau... apenas como alguém que vive e trabalha em  benefício de outros seres humanos.

Mas o que nos resta? O que nos é oferecido em troca de uma profissão que deveria ser das mais respeitadas? NADA!

Então... vamos comemorar O QUÊ?


TALITA BEDINELLI



DE SÃO PAULO



Leonor, 58, professora do 3º ano do fundamental, passou a ter crises nervosas durante as aulas. Várias vezes gritou com os alunos e chorou em plena sala. Ficava tão nervosa que arrancava os cílios com as próprias mãos e mordia a boca até sangrar.


Ela procurou ajuda médica e hoje está de licença.


Casos como o dela são comuns entre professores. Recentemente, dois docentes viraram notícia por ataques de fúria na sala de aula: um, de Caraguatatuba (litoral de SP), gritou e xingou alunos e danificou cadeiras da escola. Outro, do Espírito Santo, jogou um notebook  durante um debate com estudantes de jornalismo.


Relatos de professores à Folha mostram que a bagunça da sala, somada às vezes a problemas pessoais, leva a reações como batidas de apagadores, gritos, xingamentos e até violência física. Atos que acabam afastando muitos docentes das aulas.


Só na rede estadual de SP, com 220 mil professores, foram dadas, de janeiro a julho, em média 92 licenças por dia a docentes com problemas emocionais. No período, foram 19.500 -o equivalente a 70% do concedido em todo o ano de 2009 por esses motivos, diz a Secretaria de Gestão Pública de SP.


O dado não corresponde ao número exato de professores, pois um mesmo docente pode ter renovado a licença durante este período.


"Batia com força o apagador nos armários. Tive muitas crises de choro durante as aulas, gritei com alunos", diz a professora Eliane, 64.


Ela está afastada por causa do estresse. "Eu não quero mais voltar para a sala de aula. Parecia que eu estava carregando uma bola daquelas de presidiário nos pés."


Daniela, 40, também não quer mais voltar. Ela tirou uma licença de 90 dias depois de "explodir" na sala de aula e gritar com os alunos. Foi socorrida por colegas.


Docente do 3º ano do fundamental (alunos com oito anos), diz ter sido ameaçada e agredida pelos estudantes.


As entrevistadas tiveram os nomes trocados.


Casos de "explosão" como esses podem ser sintomas de um distúrbio chamado histeria, segundo Wanderley Codo, do laboratório de psicologia do trabalho da Unb (Universidade de Brasília).


Desde 2000, o professor desenvolve pesquisas com professores e funcionários da área de educação e constatou que 20% dos professores sofrem de histeria.


"O trabalho do professor é um trabalho de cuidado, que exige a necessidade de um vínculo afetivo. Mas um professor que tem 400 alunos não tem como estabelecer esse tipo de vínculo".


A pergunta que não quer calar: Será "O Dia do professor" quem vai colocar um basta nesta situação?

Tenhamos todos um bom dia! Um bom dia de LUTA pelo reconhecimento, pelas condições melhoradas de trabalho, pela dignidade social, pelo salário justo, pelo direito de ser gente como a gente que tem direitos: ao repouso (nós carregamos trabalho para casa ao final do expediente normal), ao lazer (lazer de professor é elaborar e corrigir provas), à saúde (com o salário que ganhamos não dá nem para pensar em plano de saúde), à cultura (qual foi a última vez que você foi ao teatro, a um museu, a uma exposição?), a uma alimentação adequada (quantas vezes você faz aquela merenda por não ter tempo para fazer uma refeição decente, pois precisa cumprir horários?), à família (quantas horas do dia você dedica aos que lhe são queridos e a quem deveria dedicar uma parcela significativa de seu tempo?).

É... Bom dia!

DUAS CABEÇAS...!

O Brasil tem, em 31/10/2010, a possibilidade impar de, a nosso entender, juntar o útil ao agradável no setor da educação. Faz muito tempo que não se vislumbra uma oportunidade semelhante nesse setor (se é que ela já existiu).



No Governo do Presidente Lula tivemos à frente da pasta da educação o Ministro Fernando Hadad que precisa receber o reconhecimento de toda a população, porquanto deu conta do seu serviço, malgrado a oposição, que é normal que surja, e as menos normais lutas de interesses que são promovidas por quem não tem desejo de ver o país desenvolver. Enfim, contra todos e tudo, ele fez um trabalho de destaque.


Nesse dia, último de Outubro, temos a possibilidade de dar continuidade a uma política que vem dando certo. Mas o mais importante está no fato de termo a possibilidade de juntar duas pessoas do mais alto gabarito à frente da pasta da educação: o atual ministro e o agora eleito senador da república Cristóvam Buarque. O primeiro já mostrou serviço relevante no posto, o segundo é sempre lembrado por ser "o político de um discurso só: educação"!


Ora, se se confirmar o ditado que diz que "duas cabeças pensam mais que uma só" podemos ficar felizes pois temos essa possibilidade de concretizar esse adágio. Só está faltando um pequeno pormenor: é preciso eleger a presidente que pode realizar essa façanha, caso contrário a educação poderá entrar, novamente, num período sombrio e de retrocesso.


Eu topo esse desafio... e você?

PARA QUE TUDO FIQUE BEM MAIS CLARO E EVIDENTE

Só tenho um comentário a fazer:

Se o povo brasileiro não abrir bem os olhos... poderemos ser entregues às forças do mal.

Como pode alguém usar de tais artíficios e ter a cara deslavada de se fazer passar por santo?

Vejam só o que se segue:

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-origem-dos-ataques-politicos#more

E-mails desse tipo eu não recebi, mas por conta recebi muitos outros que me fizeram terminar bons relacionamentos que tinha via net. Felizmente, depois que foi divulgado o endereço da PF para denunciar esse tipo de coisa... as pessoas pararam... ou eu teria coragem de entregar os e-mails para a PF. Depois das eleições divulgarei os e-mails que recebi.


Vejam a matéria e em seguida tirem  suas conclusões!

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

A VERDADE SERÁ ESCRITA

Dilma e a fé cristã



FREI BETTO


Em tudo o que Dilma realizou, falou ou escreveu, jamais se encontrará uma única linha contrária aos princípios do Evangelho e da fé cristã.


Conheço Dilma Rousseff desde criança. Éramos vizinhos na rua Major Lopes, em Belo Horizonte.


Ela e Thereza, minha irmã, foram amigas de adolescência.


Anos depois, nos encontramos no presídio Tiradentes, em São Paulo. Ex-aluna de colégio religioso, dirigido por freiras de Sion, Dilma, no cárcere, participava de orações e comentários do Evangelho.


Nada tinha de "marxista ateia".


Nossos torturadores, sim, praticavam o ateísmo militante ao profanar, com violência, os templos vivos de Deus: as vítimas levadas ao pau-de-arara, ao choque elétrico, ao afogamento e à morte.


Em 2003, deu-se meu terceiro encontro com Dilma, em Brasília, nos dois anos em que participei do governo Lula. De nossa amizade, posso assegurar que não passa de campanha difamatória -diria, terrorista- acusar Dilma Rousseff de "abortista" ou contrária aos princípios evangélicos.


Se um ou outro bispo critica Dilma, há que se lembrar que, por ser bis p o, ninguém é dono da verdade.


Nem tem o direito de julgar o foro íntimo do próximo.


Dilma, como Lula, é pessoa de fé cristã, formada na Igreja Católica.


Na linha do que recomenda Jesus, ela e Lula não saem por aí propalando, como fariseus, suas convicções religiosas. Preferem comprovar, por suas atitudes, que "a árvore se conhece pelos frutos", como acentua o Evangelho.


É na coerência de suas ações, na ética de procedimentos políticos e na dedicação ao povo brasileiro que políticos como Dilma e Lula testemunham a fé que abraçam.


Sobre Lula, desde as greves do ABC, espalharam horrores: se eleito, tomaria as mansões do Morumbi, em São Paulo; expropriaria fazendas e sítios produtivos; implantaria o socialismo por decreto...


Passados quase oito anos, o que vemos? Um Brasil mais justo, com menos miséria e mais distribuição de renda, sem criminalizar movimentos sociais ou privatizar o patrimônio público, respeitado i nte rnacionalmente.


Até o segundo turno, nichos da oposição ao governo Lula haverão de ecoar boataria e mentiras. Mas não podem alterar a essência de uma pessoa. Em tudo o que Dilma realizou, falou ou escreveu, jamais se encontrará uma única linha contrária ao conteúdo da fé cristã e aos princípios do Evangelho.


Certa vez indagaram a Jesus quem haveria de se salvar. Ele não respondeu que seriam aqueles que vivem batendo no peito e proclamando o nome de Deus. Nem os que vão à missa ou ao culto todos os domingos. Nem quem se julga dono da doutrina cristã e se arvora em juiz de seus semelhantes.


A resposta de Jesus surpreendeu: "Eu tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; estive enfermo e me visitastes; oprimido, e me libertastes..." (Mateus 25, 31-46). Jesus se colocou no lugar dos mais pobres e frisou que a salvação está ao alcance de quem, por amor, busca saciar a fome dos miseráveis, não se omite diante das opress ões, procura assegurar a todos vida digna e feliz.


Isso o governo Lula tem feito, segundo a opinião de 77% da população brasileira, como demonstram as pesquisas. Com certeza, Dilma, se eleita presidente, prosseguirá na mesma direção.

_______________________

FREI BETTO, frade dominicano, é assessor de movimentos sociais e escritor, autor de "Um homem chamado Jesus" (Rocco), entre outros livros. Foi assessor especial da Presidência da República (2003-2004, governo Lula).

terça-feira, 12 de outubro de 2010

A GRANDE FARSA

A tucanada, para bestas só lhes falta um bico de rapina. Bem... rapina eles já cometem! Pelo menos foi o que Paulo Preto... 4 milhões, bem que davam um jeito!

Mas o curioso é que, tal como eu estava dizendo, de bestas nada lhes falta, a bem da verdade, mas querem fazer ou outros à sua semelhança. Só que nós, o povo, já abrimos os olhos e não nos deixamos mais cair no vosso conto do vigário!

Vejam vocês o golpe com base no 171: persistem em dizer que foi o Partido que ganhou o primeiro turno. É verdade! Ganharam uma outra chance para apanharem mais na cabeça! Não fora a ajuda da Marina e nem sequer apareciam na foto!

Como alguém ousa dizer que foi vitorioso nas urnas diante dos segintes números, apenas no Senado Federal:

O dem saiu de 13 cadeiras para 06 = perda de 07
O psdb saiu de 14 cadeiras para 11 = perda de 03

Isto significa que somados atingem o total de 17 que era quase o anterior total de cada um deles. É preciso ser mesmo muito 171 para vir falar isso a um povo que já aprendeu a fazer contas!

É a tentativa desesperada de converter mais alguns desavisados e conseguir dar uma respirada!

Não vai ser fácil, não, SERRAMILCARAS! Não será com MENTIRAS ESFARRAPADAS que conseguirás apoderar-te de um país que já aprendeu o caminho do desenvolvimento que vocês sempre nos negaram para se locupletarem das tetas fartas da Mãe Brasil!

Enquanto as forças não me abandonarem e a garganta não me trair estarei no meio do povo a gritar o nome daquela que será a primeira mulher a governar o país!

VADE RETRO FORÇA DO MAL!

PESSOAS DO VOSSO CALIBRE REPRESENTAM APENAS O ATRASO!!!

EM 31 DE OUTUBRO O POVO TE EXORCISARÁ!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

A MARINA ... E A EDUCAÇÃO DO LULA

Aos que dizem que o LULA não fez nada pela educação brasileira, não quero mostrar números, pois, por mais que se expliquem, são sempre frios e passíveis de interpretações que se coadunem ao querer de cada um.

Prefiro imagens, nomes, ações! Tem mais calor humano, é mais próprio para trabalhar as emoções e a sensibilidade de quem as vê.

MARINA... você venceu! Você é um exemplo que muitos precisam seguir! Vá em frente, persista, insista, não desista, que o sucesso está bem ali! O próximo lugar ao sol será seu!

E ainda tem quem fale mal do LULA!

http://www.youtube.com/watch?v=q9zkLJ6fEHc&feature=player_embedded#!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...