domingo, 22 de setembro de 2013

RELANÇANDO OS MOTORES

Neste retorno, após merecidas férias (foram prolongadas, reconheço), desejo dar um rumo mais aprumado às minhas ponderações sobre a formação do professor.

Para iniciar esta nova fase pretendo partir da afirmação de Nuno Crato que afirma:

O não reconhecimento da necessidade de uma "fase dogmática" precedente da "fase crítica" é um dos erros mais graves da pedagogia romântica. Para raciocinar criticamente sobre um assunto é preciso começar por conhecê-lo. Pretedendo-se formar "estudantes críticos" sem lhes fornecer a necessária informação e treino, apenas se formam ignorantes fala-barato (p.86).


Venha, junte-se a mim para que ambos possamos melhor discutir esta nossa realidade educacional/formativa.

Ref: 
CRATO, Nuno. O "eduquês" em discurso direto - uma crítica da pedagogia romântica e construtivista. Lisboa: Gradiva, 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...